Este é provavelmente o instrumento mais spiritual no Mundo inteiro

Sabias que existe um metal alienígena no mundo dos instrumentos musicais? O chamado “hang” parece um instrumento comum ao primeiro olhar. Mas não te deixes enganar: um leve toque na superfície rapidamente se transforma numa harmonia mágica.

Nós sentámo-nos para falar com o Geronyom e rapidamente nos apercebemos que tocar hang é muito mais do que dar uns batuques num tacho. Deixa-nos partilhar contigo o porquê deste instrumento ser tão especial:

Este-e-provavelmente-o-instrumento-mais-spiritual-no-Mundo-inteiro.jpg

 

Han…quê?

Criado e desenvolvido no inícios dos anos 2000 na Suiça, o hang tornou-se muito popular. É muito parecido com as panelas de aço das Caraíbas e inspirado pelo Ghatam, instrumento de percurssão indiano. É muitas vezes confundido com uma handpan, panela de aço ou qualquer outro tipo de “escultura musical”. Para o Geronyom é muito mais do que “apenas percussão” devido à energia espiritual que emite.

 

 “Cada hang traz consigo um espírito escondido para ser descoberto por cada alma que decida experienciá-lo.”

 

Original do Porto, Geronyom iniciou a sua aventura com o hang 8 anos atrás na Finlândia. Nessa altura, ele estava doente e decidiu começar a tocar harmónica. Rapidamente descobriu a sua paixão “Apercebi-me que a Música e o Som me estavam a curar. Fiquei curioso e acabei por dar de caras com o hang, handpan e esculturas que produzem som oriundas de todo o mundo.”

Este-e-provavelmente-o-instrumento-mais-spiritual-no-Mundo-inteiro.jpg

De acordo com ele,o que torna o instrumento tão especial é que cada hang “traz um espírito escondido para ser descoberto por cada alma que decida experienciá-lo. O hang foi desenhado para ser muito mais do que instrumento de percussão”.

 

O “espírito do hang”

Além de ter um carácter musical, o hang tem ainda um carácter espiritual: “Cada hang é um mistério. É uma poderosa ferramenta curativa que te leva a meditar e brinca com o teu batimento cardíaco”. Ao practicá-lo “tu transformas a tua energia pessoal e tornas-te numa fonte de energia para os outros à tua volta”. O Geronyom conta que tocou o hang por mais de 10 000 horas, que chorou e riu enquanto practicava e alcançou ainda um estado meditativo “non thinking”.  “Toquei sem poder mais por causa da dor nos meus pulsos”.

Este-e-provavelmente-o-instrumento-mais-spiritual-no-Mundo-inteiro.jpg

O sucesso imediato trás consigo um lado menos positivo. Depois de se tornar popular, muitos tentaram fazer dinheiro desta ideia e começaram a fabricar handpans de qualidade inferior com máquinas, aço barato e uma sintonização acelerada que não dava qualquer personalidade nem alma a qualquer instrumento. Alguns fabricantes conseguem realmente produzir o “espírito do hang” enquanto outros fazem apenas máquinas de fazer dinheiro.

 

Queres saber mais?

Do que aprendemos, não há melhor ou pior maneira de tocar o hang. O que realmente importa é o sentimento que se retira da experiência. Pode ajudar-te como curativo, como intrumento de meditação, pode deixar-te em lágrimas ou em gargalhadas. Se pensas em começar esta aventura com o hang, prepara-te para esperar alguns anos pelo teu próprio instrumento. PANArt (os pais do hang) já não produzem o instrumento e outros fabricantes de alta qualidade têm listas de espera muito longas.

Nós não sabíamos que este pequeno alien teria um significado e impacto tão espiritual. Depois de termos esta conversa inspiracional com o Geronyom, conseguimos compreendê-lo melhor. O Geronyom é extremamente apaixonado sobre este instrumento e adora ensinar como tocar. Se estás a pensar em experimentar pela primeira vez ou estás pronto para practicar e melhoras, entra em contacto connosco para marcarmos um workshop com ele.